Histórias de Viagem

Praga: De volta ao lugar onde começou

Pin
Send
Share
Send
Send


Minha vida como mochileiro começou em Praga. Cheguei lá dois meses na minha viagem. Mas esses dois meses foram passados ​​com amigos e dirigindo pelos EUA. Não foi gasto em albergues ou em conhecer viajantes. Até aquele momento, minha viagem sempre parecera uma viagem prolongada.

Mas tudo isso mudou em Praga.

Praga foi o primeiro lugar que fiquei em um albergue e tive que fazer amizade com estranhos em dormitórios, navegar sozinho (ninguém estava lá para me encontrar no aeroporto), descobrir sinais em um idioma diferente, e realmente me dar bem um viajante. Foi o primeiro lugar onde eu era verdadeiramente um estranho em uma terra diferente.

Eu estava sozinha, e adorei - desde o happy hour da pousada com o gigantesco jogo de quatro baralhos de reis, até a loucura de estar em um dormitório de 20 camas, até aquela linda garota australiana (me ligue), para os amigos que conheci com quem eu permaneço em contato até hoje.


Praga me mostrou as maravilhas da vida na pousada e da mochila, e eu fiquei viciado.

Então, três dias depois, eu estava fora ... de Milão para continuar minhas aventuras.

Eu não voltei desde então, mas com a minha turnê na Europa Central começando em Praga, na semana passada eu voltei para me aclimatar novamente para a cidade, pegar o jeito da terra e me conectar com os operadores locais com quem estou trabalhando. .

Depois de estar ausente por oito anos, fiquei preocupada que a cidade tivesse mudado demais, e a lembrança de minha primeira visita seria tão poderosa que Praga nunca poderia viver de acordo com ela.

Mas felizmente eu estava errado.

Praga é diferente (e mais cara), mas a essência do que a torna maravilhosa ainda está lá. Quando cheguei a Praga em 2006, eu me apaixonei por uma cidade rica em história, linda arquitetura medieval, ruas de paralelepípedos, cafés, mulheres bonitas, muitos viajantes e cerveja barata. Praga parecia ter tudo.

E ainda faz.

O tempo muda de lugar, especialmente os tão populares entre os viajantes. E às vezes nem sempre é para melhor. Há muitas coisas diferentes com Praga, algumas boas, outras ruins. Há mais turistas, os preços são muito mais altos (os euros são amplamente aceitos), o inglês é mais falado e há mais comida internacional, incluindo muitas opções vegetarianas (não deixe de conferir o buffet do Country Home!).

O que tornou Praga especial como cidade ainda estava lá, e isso me deixou feliz. Havia Letenské sady (parque), onde eu olhava através da cidade de um mirante enquanto os casais posavam para fotos e um estudante de arte desenhava o horizonte. Havia o lento meandro através de Královská zahrada, onde o barulho da cidade caía à medida que as torres da Catedral de São Vito subiam acima das árvores, e tudo o que podia ser ouvido eram os sussurros de viajantes falando sobre a beleza do parque.

Enquanto vagava pelas ruas de paralelepípedos, atravessei a ponte Charles, andei de um lado para o outro do rio e traçava rotas de caminhada para minha excursão, caí de novo em Praga. Lembrei-me do que tornou a cidade tão especial para mim na primeira vez: a sensação de estar perdida no tempo e em algum lugar realmente diferente. Desta vez, esse sentimento ainda estava lá.

Eu escrevi sobre perseguir fantasmas de viagem antes. É um pensamento que me persegue durante minhas viagens. Um destino será tão bom quanto eu me lembro disso? Cada visita subseqüente me cansará ou renovará meu amor? Às vezes, como em Paris, retornando renova meu amor. Outras vezes, como em Ko Phangan, me faz perceber que é hora de seguir em frente.

Mas voltando a Praga, meu amor foi reacendido, e isso é algo especial. Cada visita em qualquer lugar é única, e é natural compará-las. Mas quando a essência permanece a mesma, quando essa centelha original ainda está lá, você sabe que sua conexão com um lugar é mais profunda do que apenas um bom momento.

E isso é um ótimo sentimento. Eu não posso esperar para voltar em agosto e compartilhar esta cidade maravilhosa com o meu grupo de turismo.

P.S. Eu estarei escrevendo um post muito mais longo sobre o que ver e fazer em Praga no futuro!

Pin
Send
Share
Send
Send